Crédito

Quando os problemas financeiros dos seus colaboradores impactam sua empresa?

admin_leve

  • 21/12/2020

  • icone tempo 2 min de leitura

Os problemas financeiros estão entre as grandes preocupações dos brasileiros. Em 2020, o número de famílias endividadas no país é de 67%, de acordo com Confederação Nacional do Comércio (CNC) — o que representa um recorde histórico. 

Além da dificuldade de obter crédito, as contas em atraso também geram ansiedade, estresse e tensões até na hora de trabalhar. Por isso, é importante que as empresas estejam cientes quando os colaboradores estão passando por esse tipo de situação. 

Por que os problemas financeiros da equipe interferem na empresa?

Quando os profissionais não conseguem arcar com as despesas, mesmo estando empregados, isso reflete na saúde e bem-estar deles. O indivíduo pode, por exemplo, desenvolver insônia, dores de cabeça, nervosismo e, em casos graves, depressão. 

Consequentemente, como não é possível separar por completo a vida pessoal da profissional, o dia a dia no trabalho também é afetado. 

Quem não dorme bem durante a noite tem um rendimento menor do que aqueles que descansam de verdade. Da mesma forma, a falta de descanso e o alto nível de preocupação pode fazer com que a pessoa fique mais impaciente, prejudicando as relações na empresa. 

Então, mesmo que os problemas financeiros da equipe não estejam ligados aos do seu negócio, eles afetam, sim, o cotidiano corporativo. Por outro lado, segundo pesquisa da Universidade da Califórnia, quem trabalha feliz produz 31% mais. 

Sem contar que os colaboradores que estão endividados têm até duas vezes mais chances de buscar um novo emprego. Diante dessa realidade, é importante ficar alerta para garantir o bem-estar financeiro da equipe. 

Como a empresa pode ajudar a equipe quando o assunto é finanças?

O primeiro passo deve ser identificar aqueles que possuem problemas com as finanças. Muitas vezes as pessoas não falam sobre isso, principalmente por vergonha. 

Você pode, por exemplo, utilizar alguma tecnologia para mapear os profissionais que têm dívidas. Outra opção é disponibilizar um benefício, como a Leve.

A Leve realiza um diagnóstico em quatro etapas: 

  • faz uma pesquisa com os colaboradores para identificar se há alguém endividado;
  • calcula o Índice de Leveza Financeira (ILF), baseado na metodologia FinHealth SCORE Ⓡ e que é usada em todo o mundo;
  • cria um plano de ação para superar desafios. Por exemplo: se um profissional tem uma dívida, a Leve o ajuda a trocá-la por uma mais barata
  • acompanha as finanças de cada pessoa: periodicamente as etapas anteriores são repetidas para verificar se os colaboradores atingiram o bem-estar financeiro.

Além disso, a Leve oferece várias funcionalidades, por exemplo: 

  • adiantar parte do salário ao colaborador, o que permite controlar em um só lugar os antigos “vales”;
  • oferecer empréstimos com condições vantajosas e descontado em folha de pagamento aos colaboradores;
  • ter à disposição um consultor capaz de avaliar como reorganizar as finanças;
  • oferecer vários materiais voltados para a educação financeira. 

Quer saber mais sobre como você pode ajudar a sua equipe a se livrar dos problemas financeiros? Entre em contato com a Leve!

icone newsletter

Assine nossa newsletter

Últimos conteúdos do blog sobre finanças e dicas para uma vida mais leve e receba materiais gratuitos sobre este assunto.